CLASSICOS EM QUADRINHOS: ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS - TIPO GIBI

CLASSICOS EM QUADRINHOS: ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS - TIPO GIBI

REF: 9788573989298
€11,90Preço
Esta coleção apresenta grandes clássicos da literatura mundial, adaptados em linguagem simples e adequada ao público infanto-juvenil. É uma excelente ferramenta escolar e até de preparação para concursos, como o vestibular. 
... 
Mary Lennox, filha de ricos pais ingleses, nasceu na Índia. No entanto, um surto de cólera a deixa órfã e ela vai morar com seu tio na Inglaterra. Mimada e bastante 
mal-humorada, Mary precisa se adaptar à vida nova na Mansão Misselthwaite com as regras impostas pela governanta, Sra. Medlock. A mansão fica à beira das charnecas e Mary odeia o lugar a princípio. No entanto, logo descobre centenas de quartos na imensa mansão e conta com o auxílio da empregada Marta para descobrir sobre o passado triste de seu tio. Mary decide explorar o local e a vida ao ar livre e logo descobre um jardim secreto esquecido havia muito tempo. Certa noite, Mary também ouve um choro de criança e sua aguçada curiosidade a faz xeretar e conhecer seu primo Colin, acamado num dos quartos da mansão. Os dois ficam amigos e Mary lhe fala sobre o jardim secreto que descobriu e a amizade com Dickon, um menino do campo, que ajuda a revigorar o jardim. Os laços de amizade entre as três crianças se fortificam com o desabrochar da primavera. Logo o estímulo dos amigos e a magia do jardim fazem Colin voltar a andar. Por fim, o Sr. Craven retorna de suas viagens e se surpreende ao ver seu filho andando, num reencontro emocionante. 
... 
Frances Hodgson Burnett  é1849 † 1924 
Com dezesseis anos de idade, teve a ideia de montar uma escola. Os seus oito alunos pagavam-lhe em gêneros alimentícios. Aos dezoito anos passou uma temporada a fazer vindimas, com o intuito de juntar a quantia necessária para poder comprar o papel e os selos necessários ao envio de um conto à redação de uma publicação feminina, que a aceitou. Continuou então a escrever, aparecendo com uma certa regularidade em revistas conceituadas.  
Em 1872 ela se casou com Swan Burnett. Eles viviam em Paris por dois anos, onde seus dois filhos nasceram, antes de retornar aos Estados Unidos para viver em Washington DC.  
Little Lord Fauntleroy, que escreveu inspirado por seu próprio filho, foi um grande sucesso e foi seguido por uma longa série de romances, especialmente para os jovens, como Sara Crewe (1883), O Jardim Secreto (1909), e assim por diante. Entre seus livros para adultos incluem Barbarian A Fair (1881), Através de One Administration (1883), A Senhora da Qualidade (1896) e autobiografia que conheço melhor de tudo (1893). Escrita fácil e sentimental, Burnett tem um poder elegante e bom de observação, que a torna interessante, mesmo do ponto de vista psicológico, social ao ler suas obras.